DOCUMENTÁRIO ABALÔ: a cor das vozes LGBTQIA+ de Ituiutaba-MG

3573ba8f-6972-4b39-bca1-caf6af681c33.jpg
download.jpg
a5594871-e528-4798-b3f8-e8be30890504.jpg
8cc8a061-a490-4186-8df2-e7f214120014.jpg

ASSISTA NO LINK

https://www.youtube.com/watch?v=KAMk2W7JF_0&t=26s&ab_channel=NeabiPontal

ABALÔ: a cor das vozes LGBTQIA+ na cidade de Ituiutaba-MG 

Uma das atividades que experienciamos no Curso de formação docente em Educação para as relações étnico-raciais é o estágio de vivência em território de matriz africana. Quando falamos em “experienciar” tratamos do sentido estrito da palavra. A intenção é que possamos estar nos territórios (não tratando de espaço físico apenas) onde as africanidades são preservadas como forma de vida e existência.

Com a pandemia fomos privados de momentos como os que aconteceram em Piatã (Ba) e em Paracatu (MG) no quilombo, em Ituiutaba e Uberaba na vivência nos templos de religião de matriz africana. De forma inédita a vivência será online. Entendemos que a atividade não perderá o calor e a magnitude de nos colocar no lugar do outro. Uma atividade diferente.

O tema do estágio de vivência interdisciplinar desse ano é LGBTQIA+ com interseccionalidade com a questão racial. Convidamos pessoas de Ituiutaba para contarem sobre suas experiências de vida e principalmente sobre afeto.

Entendemos que por ser uma experiência localizada ela guarda particularidades do universo de uma cidade do interior de Minas Gerais, mas que de certa forma , reflete o que acontece em grande parte do nosso país.

Organizadores: Marcelo Vitor Rodrigues Nogueira, Luiz Gustavo Souza Araújo e Luciane Ribeiro Dias Gonçalves