Como chegar 

X SEMINÁRIO DE EDUCAÇÃO PARA AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS E AÇÕES AFIRMATIVAS

II PROJETO ETNOMATEMÁTICA E HISTÓRIA DA MATEMÁTICA: jogos e relações culturais

Subprojeto - A VOZ DA COMUNIADE: arte e Etnomatemática o elo entre as tradições e a comunidade

PROCESSO Nº 23117.059971/2018-91 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À CULTURA – PIAC-Estudantil 2018 Edital PROEXC 002/2018 - 3ª CHAMADA

O Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas-NEABi Pontal e  o Núcleo de Estudos e Pesquisa em Educação para as Relações Étnico Raciais e ações afirmativas - NEPERE e a Universidade Federal de Uberlândia – UFU têm a satisfação de convidar a comunidade de pesquisadores/as, profissionais da educação básica e ativistas do movimento social para o III Congresso Étnico Racial: vozes da diversidade, o evento ocorrerá de 21 a 23 de novembro de 2018 na Universidade Federal de Uberlândia – UFU, em Ituiutaba/MG.

 

O III Congresso Étnico Racial: vozes da diversidade tem como objetivo constituir-se enquanto espaço de divulgação, circulação e promoção da produção científica dos/as pesquisadores/as negros/as e de estudiosos/as das temáticas vinculadas à população negra, sob a perspectiva do diálogo entre os povos africanos e da Diáspora, com vistas aos debates e reflexões acerca da intelectualidade negra nos diferentes campos e áreas do conhecimento científico e do saber, e também sob a perspectiva da resistência, do enfrentamento e do combate às diversas formas de racismo, de forma particular a segregação dos negros e negras nos espaços sociais e na produção acadêmica. Este evento reunirá professores/as, pesquisadores/as e estudantes das mais diversas instituições acadêmicas de todas as regiões do Brasil, ativistas dos movimentos sociais e convidados estrangeiros.

CRONOGRAMA 

 

INSCRIÇÕES

PRORROGADO

21/11/2018 – Data limite para Inscrições no site 
21/11/2018 - Data limite para   Inscrições presenciais

SUBMISSÃO DE TRABALHOS 

PRORROGADO

12/11/2018 – Data limite para submissão 

13/11/2018 – Divulgação dos resultados  

 


OFICINAS


21/10/2018 – Início das Inscrições 
28/10/2018 – Data limite 

03/11/2018– Divulgação dos resultados da Oficina 


MONITORIA 

PRORROGADO 


31/10/2018 - Data limite para Inscrição

03/11/2018 - Divulgação dos Resultados

SHOWS AO VIVO 

21/10/2018 – Início das Inscrições 
28/10/2018 – Data de prorrogação

03/11/2018– – Divulgação dos resultados da Oficina 

PROGRAMAÇÃO 

DIA 21 DE NOVEMBRO 

16:00 CREDENCIAMENTO 

Local: Auditório 1 

18:00 SHOW AO VIVO

GRUPO TH' SAMBA 

Local: Saguão do Auditório 1 

19:00 INTERVENÇÃO CULTURAL DE ABERTURA - Tributo a Elza Soares 

Cantora - Leonor Silva 

19:30 PALESTRA DE ABERTURA - MULHERES NEGRAS RESISTEM, APESAR DE TUDO. 

Palestrante - Professora Dra. Rosália de Oliveira Lemos - IFRJ

20:30 INTERVENÇÃO CULUTRAL - "ESSA BLUSA É DO MEU FILHO" - Teatro Vianinha 

CINE TELA PRETA - MULHERES DE FÉ

Local: Saguão do Bloco B 

INSCRIÇÕES 

TAXA DE INSCRIÇÃO 

Alunos de Graduação com submissão de trabalho - R$ 10,00

Alunos de Graduação sem submissão de trabalho - R$ 15,00

Professores de educação básica sem submissão de trabalho -R$ 25,00

Professores de educação básica com submissão de trabalho.- R$ 20,00

Professores do Ensino Superior - R$ 30,00

Demais profissionais - R$ 25,00

Alunos de ensino fundamental e médio estão isentos da taxa de inscrição

TAXA DE INSCRIÇÃO 

Alunos de Graduação com submissão de trabalho - R$ 15,00

Alunos de Graduação sem submissão de trabalho - R$ 20,00

Professores de educação básica sem submissão de trabalho -R$ 30,00

Professores de educação básica com submissão de trabalho.- R$ 25,00

Professores do Ensino Superior - R$ 40,00

Demais profissionais - R$ 25,00

Alunos de ensino fundamental e médio estão isentos da taxa de inscrição

EIXOS DE TRABALHO

 

  • EIXO I - Currículo e Educação para as relações étnico-raciais

Este eixo tem como objetivo discutir os trabalhos que abordam os estudos curriculares em consonância com a educação para as relações étnico-raciais, desde a educação básica ao ensino superior e espaços não escolares, comunidades quilombolas, núcleos de estudos, programas de iniciação à docência (PIBID) e educação tutorial (PET). Duas proposições estão aqui vinculadas: reunir pesquisadores que se dedicam ao estudo do currículo, enquanto artefato histórico e cultural, e suas implicações na aplicabilidade e legitimação da legislação que baliza o campo da educação para as relações étnico-raciais, e a busca por indagações epistemológicas por meio de trabalhos que contextualizam a contemporaneidade dos estudos na área curricular relacionados às temáticas que abordam legislação, multiculturalismo, identidade, prática educativa e cultura organizacional, dentre outras.

 

TRABALHOS APROVADOS 

1- Aprendizagens e Africanidades 

Autor: Thaynara Silva

Palloma Victoria Nunes e Silva

Professora Ms. Rafaela Rodrigues Nogueira.

2- Todos Juntos pelo Direito Racial

Autores: Gláucia Santana Domingos

Maria Cristina Franco

Professora Ms. Rafaela Rodrigues Nogueira

3- O NEABI e a formação de graduandos para a educação das relações étnico-raciais  

Autores: 

Monalisa Lopes dos Santos Coelho,

Luene Helena Vilela

Thayna Carlos de Sousa Santos,

Professora Ms. Rafaela Rodrigues Nogueira

4- O ensino de história e cultura Afro-brasileira e africana em dois projetos políticos pedagógicos

Autores: Professora Ms.  Viviane Pereira Ribeiro Oliveira

5- A imagem do negro nos livros didáticos no Ensino Fundamental I

Autores: 

Eliene PereiraRibeiro

Lana Júlia Alves Soares

Lizandra Cristina de Oliveira Ferreira

Sâmela Cristina Alexandre De Souza

6- O jornal como instrumento pedagógico: estudo sobre o negro na imprensa de lampião da esquina  

Autores: Murilo Pedreira Souza

Professora Dra. Simone Aparecida dos Passos.

7- Transnegressão: um passo para a pós-graduação 

Autores: Eduarda Luiz Marques

Ana Lidia de Souza

Junia Cristina Azevedo Souza

 

· EIXO II - Ciências e relações étnico-raciais

 

Este eixo se constitui em um campo epistemológico que abarca estudos antropológicos, sociológicos, filosóficos e psicológicos sobre a educação para as relações étnico-raciais em relatos e pesquisas em andamento e concluídas. A proposta desse eixo é reunir também, estudiosos de diversas áreas que utilizam o conhecimento científico como base para a discussão e problematização de questões relacionadas ao campo da Etnociência em espaços escolares e espaços não escolares, analisando as contribuições da história e cultura afro-brasileira e africana e sua relação com o contexto educacional e social.

 

TRABALHOS APROVADOS 

1- Concepção de Meio Ambiente de Alunos do Ensino Médio 

Autores: Dafne Yulli

 

2- ETNOMATEMÁTICA EM MOVIMENTO: Etnomodelagem e a arte de traduzir saberes e práticas locais e globais

Autores: Marcelo Vitor Rodrigues Nogueira 

Professora Ms. Rafaela Rodrigues Nogueira 

3- A voz da comunidade: arte e etnomatemática em sincronia

Autores: Marcelo Vitor Rodrigues Nogueira 

Professora Dra. Maria Aparecida Augusto Satto Vilela 

Professora Dra. Luciane Ribeiro Dias Gonçalves 

 

· EIXO III – Lei 10.639/03 e 11.645/08 em espaços escolares e não escolares

 

O eixo abriga pesquisas sobre a legislação que baliza a história e cultura afro-brasileira e africana e a educação indígena. Os trabalhos vinculados a esse eixo acolhem pesquisas com resultados parciais e finais sobre práticas educativas em espaços escolares e não escolares relacionadas ao livro didático, à identidade étnico-racial, à educação indígena, à educação quilombola e às políticas afirmativas. Propõem-se reunir trabalhos que problematizem a legislação referente às Leis 10.639/03 e 11.645/08, com o intuito do debate sobre a legitimação e aplicabilidade desse aparato jurídico-normativo nos espaços educacionais e comunitários.

 

TRABALHOS APROVADOS 

1- Relações Étnico-raciais no espaço escolar 

Autores: Lorraine Cristina

Carine SilvaXavier

Caroline Fernandes

Professora Ms. Rafaela Rodrigues Nogueira

2- As relações Étnico-raciais no contexto escolar: uma centralidade para a educação infantil

Autores: Laís Lourenço de Almeida

Laura Cristina Santos Vieira

Lorene Cristine Silva Costa,

Pauliane Soares Resende

Professora Ms. Rafaela Rodrigues Nogueira

3- Superando o racismo na escola 

Autor: Aline Brito

Ananda Monteiro

Fernanda Aparecida

Professora Ms. Rafaela Rodrigues Nogueira

4- Capoeira Angola e o ensino de cultura Africana e Afro-brasileira: relato de um membro da comunidade externa em um projeto de extensão de uma instituição Federal de Ensino

Autores: Hugo Ribeiro de Souza

5- REVERBERANDO O LUGAR DA PEQUENA CRIANÇA NEGRA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: um diálogo possível através do projeto: Africanidades e Brasilidades

Autores: Professora Marivania Xavier C. Costa

Professora Lorrayne Karita

Professor Guilherme V. Fontoura.

6- O Pet em extensão: (RE) CONECTANDO SABERES por meio das atividades extensionistas 

Autores: Stalanie Karen Leal Rafael

Maria Abadia de Oliveira

Bruna Cristina Batista Correia

Professor Dr. Carlos Roberto Loboda

7- HISTÓRICO DOS CURSOS PRÉ-VESTIBULARES: a luta pelo acesso ao Ensino Superior pela população negra

Autores: Professor Rejo Levi

Professor Dr. Luciane Ribeiro Dias Gonçalves

8 - PRECONCEITO E DISCRIMINAÇÃO AINDA PRESENTE NO ÂMBITO ESCOLAR

Autores: Lúcia Aparecida Gomes Gonçalves

Nádia Aparecida Silva Costa

Raquel Moura de Lima

Silva Rosa dos Santos Graciano

Professora Ms. Rafaela Rodrigues Nogueira.

9- PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DE CONSOLIDAÇÃO DA LEI 10.639/03: UM ESTUDO EM ESCOLAS MUNICIPAIS DE ITUIUTABA-MG

Autores: Nadila Ferreira dos Santos

Professora Dra. Luciane  Ribeiro Dias Gonçalves

· EIXO IV - Arte, História e Diversidade

 

Este eixo congrega pesquisas em andamento ou concluídas e relatos de experiência sobre o campo da temática étnico-racial e o ensino de artes, dança, teatro, música e artes visuais, relacionadas às práticas culturais dentro e fora do espaço educacional, literatura afro-brasileira, dança afro, práticas pedagógicas em artes relacionadas à cultura africana e afro-brasileira e à imagem do negro na indústria cinematográfica. Esse eixo agrupa ainda, trabalhos que abordam os aspectos historiográficos da educação para as relações étnico-raciais, reunindo estudos referentes à historiografia africana e à diversidade cultural.

 

TRABALHOS APROVADOS 

1- Contação de história: entre o protagonismo e a pertença identitária na educação infantil

Autores: Maíza Dantas de Oliveira Gomes

Sâmia Cristina Araújo Gomes

Professora Ms. Rafaela Rodrigues Nogueira.

2- O PAJUBÁ COMO RESISTÊNCIA LGBTQI+: A APROPRIAÇÃO DO PAJUBÁ NA COMUNICAÇÃO ENTRE LGBTQI+ QUE FAZEM PARTE DE UM COLETIVO NA CIDADE DE JATAÍ/GOIÁS

Autores: Hugo Ribeiro de Souza

Catharina Gomes Araújo Faria

Jéssica Marques da Costa, Kamilla

Luiza Lima

3- A Revolução Haitiana e a legitimação de um discurso no Brasil Regencial: As Sociedades Secretas

Autores: Matheus Vilela Freitas

4- CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS E AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS: uma análise de Menina do laço de fita 

Autores: Beatriz Vieira Barone

Aline de Jesus Peixinho

Gabriela de Souza Costa

Professora Dra. Simone Aparecidados Passos 

· EIXO V - Religiosidade e cultura Afro-brasileira e Africana

 

Este eixo objetiva contribuir sobre os estudos da temática religiosidade e cultura afro-brasileira e africana, sua historicidade e relação com o espaço educativo e espaço não escolar. Estão contemplados os relatos, pesquisas em andamento ou concluídas sobre ritos religiosos africanos, religiosidade afro-brasileira e sincretismo religioso no Brasil. Com vistas ao fortalecimento do campo da pesquisa em educação para as relações étnico-raciais e do subtema religiosidade, busca-se colaborar com o diálogo e a problematização da temática por meio de estudos que visem à desmistificação da religiosidade de matriz africana e afro-brasileira, contribuindo para desconstruir estereótipos e preconceitos, enfatizando a diversidade na constituição da identidade do povo brasileiro.

TRABALHOS APROVADOS 

1- UMA TRADIÇÃO QUASE ESQUECIDA: entrevistas com os congadeiros de Ituiutaba e suas crenças na cultura Africana.

Autores: Amanda Batista

Roberta Correia

Tânia Elias

Professora Ms. Rafaela Rodrigues Nogueira

 

· EIXO VI – Direito, Identidade, negritude e gênero

 

Este eixo discute relatos, pesquisas em andamento ou concluídas relacionadas à ancestralidade, identidade cultural, racismo, direito à diversidade étnico-racial, política educacional étnico-racial, multiculturalismo e diáspora africana. Busca discutir as contribuições do campo jurídico-normativo à constituição da identidade nacional e processo de mestiçagem no Brasil, diáspora africana como fenômeno histórico-social, e relação de gênero na atualidade em interlocução com os estudos na área da educação para as relações étnico-raciais.

TRABALHOS APROVADOS 

1- FEMINISMO NEGRO: um movimento necessário para a construção de um movimento democrático  

Autores: Mireile Silva Martins

Professora Dra. Soraia Veloso Cintra

2- A inserção da mulher negra e de baixa renda INSERÇÃO DA MULHER NEGRA E DE BAIXA RENDA NO CURSO DE PSICOLOGIA E OS PROCESSOS DE RESISTÊNCIA DAS MINORIAS

Autores: Angélica Inês dos Santos Silva

Professor Ms. Evaldo Batista Mariano júnior

3- A MULHER NEGRA NA LITERATURA AFRO-BRASILEIRA: representatividade e resistência na Escrevivência de Conceição Evaristo

Autores: Ishangly Juana da Silva; Mireile Silva Martins

Orientadora: Maria Aparecida Augusto Satto Vilela

4- Educação para as Relações Étnico-raciais

Autores: Thaís Alves Araújo

Palloma Victoria Nunes e Silva

5- Entre anúncios e fugas: os atos de resistência escrava no Triângulo Mineiro, século XIX.

Autores: Giulia dos Santos Abden Nabi

Professor Dr. Carlos Eduardo Moreira de Araújo.

6- QUEM SOU EU? REFLEXÕES SOBRE IDENTIDADE A PARTIR DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS PELO PET (RE) CONECTANDO

Autores: Dara Cristina Silva

Jéssica Aparecida Lima Araujo

Ricardo de Brito

Lucas Guerine Menezes

7- ÚRSULA: UM GÊNERO, UMA ESCRITA. POR MARIA FIRMINA DOS REIS

Autores: Amanda Helena Martins de Oliveira

Professor Dr. Carlos Eduardo Moreira de Araújo

8- OS ARTISTAS DE RUA E O MOVIMENTO HIPPIE NO MUNICÍPIO DE ITUIUTABA – MG: CONSTITUIÇÃO DE SUA IDENTIDADE CULTURAL

Autores: Pamela Fonseca

José Lito 

9- COMO AS CRIANÇAS NEGRAS SÃO AFETADAS PELAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS

Autores: Ewerton Donis de Melo

Angélica Inês dos Santos Souza

10- O RAP como plataforma de luta social e protesto: Uma análise sobre a trajetória do grupo Facção Central

Autores: Ricardo Brito 

NORMAS E SUBMISSÃO 

Normas para inscrição de trabalho no formato de artigo

1. O artigo deverá ser fruto de pesquisa acadêmica concluída ou em andamento, análise crítica de prática educativa realizada no âmbito escolar ou não escolar, apresentação de atividades realizadas em estágio supervisionado, PIBID, PET, revisão bibliográfica e ensaios que contemplem os seguintes eixos:

 EIXO I - Currículo e a Educação para as relações étnico-raciais

 EIXO II - Ciências e relações étnico-raciais 

 EIXO III – Lei 10.639/03 e 11.645/08 em espaços escolares e não escolares

 EIXO IV - Arte, História e Diversidade

 EIXO V - Religiosidade e cultura Afro-brasileira e Africana

 EIXO VI – Direito, Identidade, negritude, gênero

2. O artigo poderá ter no máximo 3 (três) autores (tod@s devidamente inscritos no evento).

3. O artigo deverá ter no mínimo 8 (oito) e no máximo 20 (dezesseis) páginas, incluindo as referências.

4. O texto do artigo deverá ser digitado em Word for Windows, fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço 1,5; margem esquerda e superior de 3 cm; direita e inferior de 2 cm.

5. Título em caixa alta e centralizado (fonte Times New Roman, tamanho 12).

6. Dois espaços abaixo do título deve(m) vir o(s) nome(s) do/a(s) autor/a(es), instituição à qual se vincula(m), email de contato e eixo do trabalho, alinhados à direita.

7. Resumo: apresentação concisa do trabalho, com descrição de suas principais características, como tema, objetivo, metodologia utilizada e resultados alcançados. Deve ter, no mínimo, 200 palavras e, no máximo, 300 palavras, formato justificado; fonte Times New Roman tamanho 12; espaçamento simples, em Word 97-2003 ou superior. Indicar de três a cinco palavras-chave logo após o resumo.

8. O artigo completo deverá ter: Introdução (tema, objetivos, justificativa, fundamentação teórica e metodologia); Desenvolvimento (referencial teórico, análise dos dados, resultados obtidos); Considerações finais e Referências.

9. Para citação curta (até 3 linhas): Tamanho 12, espaço 1,5cm, entre aspas, no corpo do texto. 10. Para citação longa (mais de 3 linhas): Tamanho 11, espaço simples, recuo de 4 cm.

11. Referências: apresentação das obras consultadas e citadas no corpo do trabalho

12. Seguir as normas da ABNT.

13. Os trabalhos devem ser anexados ao fim desta página no formulário de submissão. .

14. O arquivo do trabalho deverá ser salvo com as seguintes informações: indicação do eixo, indicação de categoria e iniciais do nome completo do autor principal (TC- trabalho completo) (Ex: eixo_01_TC_JAO)

15. A comissão Científica não se responsabilizará por inscrições de trabalhos enviados fora do prazo ou por problemas técnicos durante o envio.

16. Data limite de submissão 20/10/2018.

 

 

 

 

 

Normas para inscrição de trabalho no formato de  resumo expandido 

 

 

1. O Resumo expandido deverá ser fruto de pesquisa acadêmica concluída ou em andamento, análise crítica de prática educativa realizada no âmbito escolar ou não escolar, apresentação de atividades realizadas em estágio supervisionado, PIBID, PET, revisão bibliográfica e ensaios que contemplem os seguintes eixos:

 

 EIXO I - Currículo e a Educação para as relações étnico-raciais

 EIXO II - Ciências e relações étnico-raciais 

 EIXO III – Lei 10.639/03 e 11.645/08 em espaços escolares e não escolares

 EIXO IV - Arte, História e Diversidade

 EIXO V - Religiosidade e cultura Afro-brasileira e Africana

 EIXO VI – Direito, Identidade, negritude, gênero ​

2. Poderá ter no máximo 3 (três) autores (todos devidamente inscritos no evento).

3. O resumo expandido deverá compreender 3 (três) páginas, no mínimo, e 5 (cinco) páginas, no máximo, incluindo as referências.

4. O texto do resumo expandido deverá ser digitado em Word for Windows, fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço simples; margem esquerda e superior de 3 cm; direita e inferior de 2 cm.

5. Título em caixa alta e centralizado (fonte Times New Roman, tamanho 12).

6. Dois espaços abaixo do título deve(m) vir o(s) nome(s) do/a(s) autor/a(es), instituição à qual se vincula(m), e-mail de contato e eixo do trabalho alinhados à direita.

7. O resumo deve conter a apresentação do assunto/tema estudado; Detalhamento da atividade (descrever como a atividade foi realizada); Análise e discussão (colocar em evidência os resultados - limites e possibilidades - que a realização da experiência proporcionou); Considerações (que implicações essa experiência trouxe para o fazer pedagógico do/a(s) profissional(is); o que outros profissionais da área podem utilizar deste trabalho ou relato).

8. Para citação curta (até 3 linhas): Tamanho 12, espaço 1,5cm, entre aspas, no corpo do texto.

9. Para citação longa (mais de 3 linhas): Tamanho 11, espaço simples, recuo de 4 cm.

10. Referências: apresentação das obras consultadas e citadas no corpo do trabalho

11. Seguir as normas da ABNT.

12. Os trabalhos devem ser anexados ao fim desta página no formulário de submissão. 

13. O arquivo do trabalho deverá ser salvo com as seguintes informações: indicação do eixo, indicação de categoria (RE- resumo expandido) e iniciais do nome completo do autor principal (Ex: eixo_01_RE_JAO)

14. A comissão Científica não se responsabilizará por inscrições de trabalhos enviados fora do prazo ou por problemas técnicos durante o envio.

15. Data limite de submissão 20/10/2018.

OFICINAS 

Os minicursos são espaços de atualização a aprofundamento com duração de três horas aulas, destinados, especialmente, para os/as alunos/assecundaristas, de graduação e de pós-graduação, professores/as do ensino fundamental e médio, bem como os/as demais interessados/as do tema de cada minicurso.

MONITORIA 

A Comissão Organizadora do III Congresso Étnico Racial torna público a presente Chamada Pública para seleção de estudantes de ensino médio, da graduação e já graduados/as, para a função de monitor/a das atividades do congresso no período de 01 de setembro a 30 de outubro de 2018.

 

Total de Vagas: 30

Período de Inscrição: 11/09 a 31/10

Divulgação dos Resultados: 02/11

GALERIA 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now